Curso Moço de Convés Braspanama

Vídeos

Amazônia azul no jornal nacional

A área oceânica brasileira é chamada de Amazônia Azul por ser quase tão grande quanto a floresta amazônica, que cobre boa parte do nosso país. São 4.489.919 km² de área, formada mais 950 mil km² de plataforma continental e por mais de 3.000.000 de km² de Zona Econômica Exclusiva (ZEE). Esses espaços marítimos correspondem a 52% do tamanho das terras do continente.

O correspondente territorial maritimo da Amazônia Azul foi declarado território brasileiro em 1982, na Convenção das Nações Unidas sobre os direitos do mar (CNUDM) e ratificada pelo Brasil, apesar de nem todos os países terem assinado a convenção ainda – o que não diminui a importância dessa área para o país.

16 de novembro foi o dia nacional da Amazônia Azul, a data foi escolhida em homenagem à entrada em vigor da Convenção das Nações Unidas sobre Direito do Mar, em 16 de novembro de 1994.

Trindade a Primeira Fronteira

A Marinha do Brasil ocupa e protege a Ilha da Trindade e o arquipélago de Martin Vaz de forma contínua, desde 1957. As Ilhas não tem moradores fixos mas recebem pesquisadores de diversas áreas de conhecimento para estudos e pesquisas.

Por sua localização, em latitude próxima das principais bacias petrolíferas e da região de maior desenvolvimento econômico e concentração populacional do país, a Ilha de Trindade e o arquipélago de Martin Vaz constituem um posto avançado, para a Defesa Nacional e ao emprego do Poder Naval. Em especial como ponto de apoio em operações no Atlântico Sul, em proteção às linhas de comunicação marítima em águas jurisdicionais brasileiras.

A ilha de Trindade juntamente com o arquipélago de Martin Vaz, acrescem a ZEE – Zona Econômica Exclusiva e, à chamada “Amazônia Azul”, uma área equivalente a 430.000 km² entorno delas.

O filme aborda a expedição realizada em junho deste ano, capitaneada por Marcelo Szpílman, Diretor presidente do Aquário Marinho do Rio às ilhas oceânicas que formam a nossa “Primeira Fronteira”, com o objetivo de trazer algumas espécies de peixes da região, para exposição no AquaRio.

Teaser Antartica por um Ano

Antártica por um ano é um documentário de longa-metragem sobre a experiência de um grupo de brasileiros que permaneceu por um ano ininterrupto na Estação Antártica Comandante Ferra (EACF), integrando o projeto antártico brasileiro vinculado à Marinha do Brasil. É única a experiência desses homens e mulheres que enfrentam, longe de suas famílias, o longo e duro inverno antártico, em que as temperaturas na Ilha Rei George podem chegar abaixo de -25ºC e os ventos a mais de 100 km/h.

Versão Completa: aqui

Velas LatinoAmerica

O Brasil recebeu entre os dias 25 de março e 1º de abril deste ano, no Porto do Rio de Janeiro, a etapa brasileira do evento “Velas Latinoamérica 2018”. O evento reuniu seis Navios Veleiros estrangeiros e o Navio Veleiro “Cisne Branco”, que ficaram atracados no Cais do Píer Mauá. Durante este período, os navios ficaram abertos à visitação gratuita do público.

Os Navios Veleiros continuarão navegando pelos mares da América do Sul e do Caribe e realizarão visitas aos mais importantes portos e cidades da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Curaçao, Equador, México, Panamá, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. O evento tem como objetivo reforçar os laços de amizade entre os países da América Latina

Amazônia Azul

A Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar estabelece que é um direito exclusivo do país costeiro a exploração dos recursos naturais, vivos ou não vivos, existentes no leito do mar, em suas águas sobrejacentes e no seu subsolo, numa faixa marítima de 370 Km (200 milhas náuticas) de largura, chamada Zona Econômica Exclusiva (ZEE).
  
Neste vídeo, faremos um passeio sobre este universo de potencialidades denominado “Amazônia Azul” e iremos conhecer a atuação da Marinha do Brasil neste complexo cenário. 

A Alma de Um Marinheiro

Entenda a alma de um marinheiro. Neste vídeo, o Comandante Parreira Fontes conta como se sente ao servir à pátria por meio da Marinha do Brasil.

Documentário “Luz Verde no Convoo”

No dia 23 de agosto, a Aviação Naval completou 100 anos. Comemorando esta data especial, o Centro de Comunicação Social da Marinha – CCSM produziu o filme “LUZ VERDE NO CONVOO” que conta os principais marcos de uma rica história que começou no ano de 1916 com a criação da Escola de Aviação Naval no Rio de Janeiro, iniciativa do então  Ministro da Marinha Almirante Alexandrino Faria de Alencar. O pioneirismo no emprego de aeronaves militares no Brasil, em prol da segurança e do desenvolvimento nacional, contribuiu para o desbravamento das rotas aéreas sendo a experiência, precursora do atual Correio Aéreo Nacional. As aeronaves estiveram também em operações de patrulha em defesa do nosso litoral e áreas fronteiriças.

Jurupema resgate no oceano Índico

“Comandante da Marinha Mercante Brasileira resgata 26 náufragos do navio “SUNDANCE” de bandeira Cipriótica no Oceano Índico, em meio a tempestade com ventos força nove na “Escala Beaufort” e vagas de oito a nove metros de amplitude”. Veja o filme e leia o relato do Comandante Luiz Augusto C. Ventura.

Os Navios da Esperança

As viagens dos Navios da Esperança são contadas há muito tempo pela Marinha do Brasil. Porém, este vídeo permitirá que você se emocione com a vida de brasileiros que mantém a nossa soberania nas terras do interior da Amazônia. Qualquer pensamento ou ideia durante a aventura
que está mostrada nas imagens reais poderá abrir possibilidades e palpites, que ficarão voando ao redor de sua imaginação. Ao final contará uma história com sentimento e a certeza que existe esperança em uma das áreas mais carentes do Brasil.

Trindade – Onde começa o Brasil

Ilha Brasileira que foi erguida há 3,5 milhões de anos atrás. Diversidade, clima agradável, importância estratégica e econômica a tornam única no País. Percorra uma vez do começo ao fim este vídeo, sem parar, observando as atrações naturais e fatos que empolgam e emocionam qualquer Brasileiro. Será uma viagem prazerosa e você poderá conhecer e ficar perplexo com o “Pirajá” e a possível existência de um Mar Vivo, conforme falam os moradores da Ilha.

A Amazônia Azul – Nossa última fronteira

A Amazônia Azul é um patrimônio brasileiro. Os recursos naturais existentes nesta área estão contribuindo e poderão contribuir ainda mais, para grandes conquistas nacionais. Caso você seja um novato, nunca ouviu falar ou não se interessou por este tesouro, assista ao vídeo e construa uma esperança ansiosa, procure uma utilidade nas imagens e assim poderá surgir uma história pessoal com a Amazônia Azul cujo valor será inestimável.